segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Após três dias de Festival, terminou na madrugada desta segunda-feira (15), a 36ª Gauderiada da Canção Gaúcha e 29ª Gauderiada. A grande vencedora do festival foi a composição “LIVRE“, com letra de Thiago Souza, música de Emerson Martins, e interpretação de Analise Severo e Jean Kirchoff.

O segundo lugar foi para a música “
OS ANTIGOS“, de Rômulo Chaves e Nilton Ferreira, interpretada pelo próprio Nilton Ferreira, já o prêmio de terceiro lugar ficou com a obra “PRA CRUZAR INVERNIAS“, de Ronaldo Miler e Sérgio Pereira, defendida por Robledo Martins. "DO ARROZ E DO ARROZEIRO" foi escolhida como a música mais popular da 36ª Gauderiada e o prêmio de melhor intérprete ficou com Nilton Ferreira, que defendeu a música "OS ANTIGOS".

Já na final da 29ª Gauderiada Mirim, a vencedora na categoria Pré Mirim foi VITÓRIA DE SÁ HECK, que interpretou a música "Vento Norte". O primeiro lugar na categoria Mirim foi para LUIZA BARBOSA DIAS, com a obra "
Seu espinho e flor de tuna"GIOVANA CAVALHEIRO venceu na categoria Juvenil, defendendo a composição "Quem sou eu".

CLASSIFICAÇÃO FINAL:

36ª GAUDERIADA DA CANÇÃO
1º LUGAR

LIVRE
Letra: Thiago Souza
Música: Emerson Martins
Intérpretes: Analise Severo e Jean Kirchoff

2º LUGAR

OS ANTIGOS
Letra: Rômulo Chaves
Música: Nilton Ferreira
Intérprete: Nilton Ferreira

3º LUGAR

PRA CRUZAR INVERNIAS
Letra: Ronaldo Miler
Música: Ronaldo Miler / Sérgio Pereira
Intérprete: Robledo Martins


MÚSICA MAIS POPULAR
DO ARROZ E DO ARROZEIRO
Letra: Hercules Grecco (in memorian)
Música: Cleiber Rocha
Intérprete: João Quintana Vieira


MELHOR INTÉRPRETE
NILTON FERREIRA
OS ANTIGOS
Letra: Rômulo Chaves
Música: Nilton Ferreira


MELHOR MELODIA
LIVRE
Letra: Thiago Souza
Música: Emerson Martins
Intérpretes: Analise Severo e Jean Kirchoff


MELHOR INSTRUMENTISTA
MAURO SILVA - GAITA

MELHOR TEMA CAMPEIRO
PRA CRUZAR INVERNIAS
Letra: Ronaldo Miler
Música: Ronaldo Miler / Sérgio Pereira
Intérprete: Robledo Martins


MELHOR CONJUNTO VOCAL
LIVRE
Letra: Thiago Souza
Música: Emerson Martins
Intérpretes: Analise Severo e Jean Kirchoff


MELHOR CONJUNTO INSTRUMENTAL
JOÃO FACÃO
Letra: Rogério Villagran
Música: André Teixeira
Intérprete: André Teixeira


TROFEU REVELAÇÃO 
KELLEN BOTINO (VIOLÃO)
PELO TINIDO DO LAÇO



29ª GAUDERIADA MIRIM

CATEGORIA PRÉ MIRIM
1º LUGAR

VITÓRIA DE SÁ HECK - PORTO ALEGRE - RS
Música: Vento Norte

2º LUGAR

LUIS FILIPE DOS SANTOS PAVANI - CANOAS - RS
Música: Romance pra um novo amanhã

3º LUGAR

INÁCIO LEAL ARRUSUL - SÃO GABRIEL - RS
Música: Num posto da Vila Gomes



CATEGORIA MIRIM
1º LUGAR

LUIZA BARBOSA DIAS - SAPIRANGA - RS
Música: Seu espinho e flor de tuna

2º LUGAR

GIOVANA VIEIRA LIMA - SÃO GABRIEL - RS
Música: Ressurreição


3º LUGAR
AMANDA MIRANDA LAUXEN - SÃO GABRIEL - RS
Música: Final de seca


CATEGORIA JUVENIL
1º LUGAR

GIOVANA CAVALHEIRO - SAPUCAIA DO SUL - RS
Música: Quem sou eu

2º LUGAR

LETÍCIA VARGAS ROENNAU - TAQUARA - RS
Música: Poema da quinta lua


3º LUGAR
KASSIA MACEDO COSTA - GRAVATAÍ - RS
Música: Nas asas da solidão




*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.

domingo, 14 de janeiro de 2018

Na noite de sábado (13), foram conhecidas as canções classificadas para a final da 36ª Gauderiada da Canção, que acontece neste domingo (14). Após as apresentações da Gauderiada Mirim aconteceu o show com o cantor Fernando Saccol, em seguida, o público pode acompanhar as últimas 09 músicas concorrentes do festival.

Durante o show com o Grupo Canção Nativa, os apresentadores Karoline Berger Fernandes e Marcos Paulo Silva, anunciaram a seguinte lista de composições finalistas:

36ª GAUDERIADA DA CANÇÃO

01 - FANDANGUEIRA

Letra: Eron Carvalho / Sérgio Rosa
Música: Sérgio Rosa
Intérprete: Márcio Correa

02 - PELO TINIDO DO LAÇO
Letra: Paulo Ricardo Costa
Música: Hermes Duran
Intérprete: Maurício Oliveira

03 - HOMEM CAVALO
Letra: Helena Fontana
Música: Wolmir Coelho
Intérprete: Wolmir Coelho

04 - NÃO ME LEVE A MAL
Letra: Fábio Prates
Música: Fábio Prates
Intérpretes: Juliano Moreno e Fernando Saccol

05 - PRA CRUZAR INVERNIAS
Letra: Ronaldo Miler
Música: Ronaldo Miler / Sérgio Pereira
Intérprete: Robledo Martins

06 - FERROS VELHOS
Letra: Silvio Genro
Música: Wolmar Flores
Intérprete: Chico Oliveira

07 - RETRATOS DE ALMA CAMPEIRA

Letra: Rômulo Chaves
Música: Nirion Machado
Intérprete: Cristiano Fantinel e Adair de Freitas


08 - JOÃO FACÃO
Letra: Rogério Villagran
Música: André Teixeira
Intérprete: André Teixeira

09 - LIVRE
Letra: Thiago Souza
Música: Emerson Martins
Intérpretes: Analise Severo e Jeano Kirchoff

10 - BENQUERENÇAS
Letra: Leonardo Borges
Música: Luiz Cardoso
Intérprete: Alex Har

11 - DO ARROZ E DO ARROZEIRO
Letra: Hercules Grecco (in memorian)
Música: Cleiber Rocha
Intérprete: João Quintana Vieira

12 - OS ANTIGOS
Letra: Rômulo Chaves
Música: Nilton Ferreira
Intérprete: Nilton Ferreira

13 - HERANÇAS E ORIGENS
Letra: José Feliciano dos Santos
Música: Juliano Moreno
Intérpretes: Juliano Moreno e Robson Garcia

14 - ROSÁRIO DE ESTRELAS
Letra: Telmo Vasconcellos
Música: Eduardo Monteiro Marques
Intérprete: Jean Kirchoff


29ª GAUDERIADA MIRIM


CATEGORIA PRÉ MIRIM
01 - LUIS FILIPE DOS SANTOS PAVANI - CANOAS - RS

Música: Romance pra um novo amanhã

02 - INÁCIO LEAL ARRUSUL - SÃO GABRIEL - RS
Música: Num posto da Vila Gomes

03 - VITÓRIA DE SÁ HECK - PORTO ALEGRE - RS
Música: Vento Norte


CATEGORIA MIRIM
01 - GIOVANA VIEIRA LIMA - SÃO GABRIEL - RS

Música: Ressurreição

02 - LUIZA BARBOSA DIAS - SAPIRANGA - RS
Música: Seu espinho e flor de tuna

03 - AMANDA MIRANDA LAUXEN - SÃO GABRIEL - RS
Música: Final de seca

CATEGORIA JUVENIL
01 - LETÍCIA VARGAS ROENNAU - TAQUARA - RS

Música: Poema da quinta lua

02 - KASSIA MACEDO COSTA - GRAVATAÍ - RS
Música: Nas asas da solidão

03 - GIOVANA CAVALHEIRO - SAPUCAIA DO SUL - RS
Música: Quem sou eu


*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.

sábado, 13 de janeiro de 2018

Na noite desta sexta-feira (12), iniciou a 36ª Gauderiada da Canção Gaúcha e 29ª Gauderiada Mirim no Parque de Exposições Ananias Vasconcellos, na cidade de Rosário do Sul. grande público que esteve presente pode prestigiar as belas apresentações da primeira noite do festival, onde 17 composições subiram ao palco, sendo 08 Gauderiada Mirim e 09 da Gauderiada.

O show de encerramento foi com Jorge Guedes e Família. Neste sábado (13), o festival inicia a partir das 21 horas, com a apresentação das músicas concorrentes da Gauderiada Mirim. Logo após a apresentação de todas as concorrentes da 36ª Gauderiada, acontecerá o show de intervalo com Fernando Saccol e em seguida serão conhecidas as obras classificadas para a grande final do festival que acontece neste domingo (14).

Você pode acompanhar a 36º Gauderiada da Canção Gaúcha AO VIVO através da live no Facebook do Jornal Gazeta de Rosário ou pela Rádio Parque 97.9.

ORDEM DE APRESENTAÇÕES:

GAUDERIADA DA CANÇÃO
SÁBADO - 13 DE JANEIRO

01 - MINHA VANEIRINHA RIMADA
Letra: Severino Moreira
Música: Sérgio Rosa
Candiota - RS / Santa Maria - RS

02 - JOÃO FACÃO
Letra: Rogério Villagran
Música: André Teixeira
São Gabriel - RS


03 - NÃO ME LEVE A MAL
Letra: Fábio Prates
Música: Fábio Prates

04 - DO ARROZ E DO ARROZEIRO
Letra: Hercules Grecco (in memorian)
Música: Cleiber Rocha
Porto Alegre - RS

05 - PRA CRUZAR INVERNIAS
Letra: Ronaldo Miler
Música: Ronaldo Miler / Sérgio Pereira
Rosário do Sul - RS

06 - FANDANGUEIRA
Letra: Eron Carvalho / Sérgio Rosa
Música: Sérgio Rosa
Santo Ângelo - RS / Santa Maria - RS

07 - BENQUERENÇAS
Letra: Leonardo Borges
Música: Luiz Cardoso
Santana do Livramento - RS

08 - RETRATOS DE ALMA CAMPEIRA
Letra: Rômulo Chaves
Música: Nirion Machado
Palmeira das Missões - RS / Rosário do Sul - RS

09 - ÁGUAS DE VERTENTES
Letra: Dilamar Costenaro
Música: Elliézer Garcez
Santiago - RS / Dom Pedrito-RS


GAUDERIADA MIRIM
SÁBADO - 13 DE JANEIRO

CATEGORIA PRÉ MIRIM
01 - MARIA DUARTE SILVEIRA - SAPUCAIA DO SUL - RS
Música: Hino ao Rio Grande

02 - VITÓRIA DE SÁ HECK - PORTO ALEGRE - RS
Música: Vento Norte


CATEGORIA MIRIM
 01 - LUIZA BARBOSA DIAS - SAPIRANGA - RS
Música: Seu espinho e flor de tuna

02 - AMANDA MIRANDA LAUXEN - SÃO GABRIEL - RS
Música: Final de seca


CATEGORIA JUVENIL
01 - LETÍCIA VARGAS ROENNAU - TAQUARA - RS
Música: Poema da quinta lua

02 - KASSIA MACEDO COSTA - GRAVATAÍ - RS
Música: Nas asas da solidão

03 - GIOVANA CAVALHEIRO - SAPUCAIA DO SUL - RS
Música: Quem sou eu

04 - GABRIEL MARTINS FORTES - PALMEIRA DAS MISSÕES - RS
Música: Para o mais lindo amor campesino

*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

1º FESTIVAL FORTALEZA DA CANÇÃO
02 e 03 DE MARÇO DE 2018
FREDERICO WESTPHALEN - RS
Inscrições até: 25/01/2018


REGULAMENTO - INSCRIÇÕES

CAPÍTULO I
Do Festival e Organização
Art.1º
O FORTALEZA DA CANÇÃO: FESTIVAL DE COMPOSIÇÃO acontece em sua primeira edição nos dias 02 e 03 de Março de 2018, no Largo Vitalino Cerutti da Praça Matriz, no município de Frederico Westphalen/RS.

Art.2º O festival é uma realização da empresa Amora Produções financiado pela Lei de Incentivo à Cultura – Pró-Cultura RS, e patrocinada pelas empresas Fundimisa, Lojas Becker e Barril Ferro e Aço.

Art.3º
Compete à Coordenação Geral do Festival nomear a Comissão Organizadora, com devidos responsáveis e auxiliares por cada setor – Inscrições e triagem, Divulgação, Recepção, Credenciamento, Produção Executiva, Administração – que estarão devidamente identificados nos dias do evento.

Art.4º O Festival não terá distinção de fases. Todas as composições serão triadas e concorrem igualmente entre si, independente do seu local de origem.

Art.5º Em sua primeira noite, 02 de Março de 2018, sobem ao palco 14 (quatorze) composições concorrentes, sendo classificadas 08 (oito) composições para a final –, na noite do dia 03 de Março de 2018, todas concorrendo às premiações de igual forma, não havendo distinção de fases.

CAPÍTULO II
Da Participação e Inscrições
Art.6º
As inscrições para o I FORTALEZA DA CANÇÃO: FESTIVAL DE COMPOSIÇÃO estarão abertas a partir das 0h01 do dia 13 de Dezembro de 2017, até as 23h59 do dia 25 de Janeiro de 2018.

Art.7º As inscrições deverão ser feitas pelo site fortalezadacancao.com.br preenchendo todos os campos necessários compostos por ficha de inscrição, letra digitada da composição, e upload da gravação em arquivo de áudio da mesma.

Parágrafo primeiro: deverá ser enviada apenas uma composição e devidos documentos pertinentes por e-mail.

Parágrafo segundo:
o arquivo de áudio enviado deverá ter sido gravado conforme a composição será defendida no palco, se classificada no Festival.

Art.8º As inscrições são gratuitas.

Art.9º O número de inscrições por compositor é limitado a 03 (três) composições, individuais ou em parceria, podendo ser classificadas no máximo 02 (duas).

Art.10º A inscrição estará validada uma vez que recebido confirmação.

Art.11º As composições deverão ter caráter inédito.

Parágrafo primeiro:
serão consideradas inéditas composições não gravadas, impressas, editadas ou publicadas em qualquer veículo de comunicação de massa, podendo, entretanto, ter participado de outros eventos do gênero, desde que não tenham sido premiadas.

Parágrafo segundo: O não-ineditismo poderá ser objeto de denúncia à Comissão Organizadora, por escrito e com provas.

Art.12º Poderão ser inscritas composições em línguas Portuguesa, independente de identificação com a cultura regional, étnica, urbana, rítmica e/ou estilo.

Art.13º Após a inscrição de sua obra, o compositor fica condicionado a não divulgação pública da mesma até a data do evento, sob pena de desclassificação.

Art.14º Em caso da inscrição de composições (letra e/ou música) de autores já falecidos, deve ser anexada à ficha de inscrição uma autorização de herdeiros ou sucessores, com assinatura reconhecida em cartório.

Parágrafo único:
A qualidade de herdeiro ou sucessor deverá ser documentalmente comprovada.

CAPÍTULO III
Da Triagem, Classificação e Julgamento.
Art.15º
A triagem do festival será feita entre os dias 27 e 28 de Janeiro de 2018, por 03 (três) pessoas de grande expressão no meio cultural e da música, sendo eles Mathiel da Rosa, Sandro Vieira e ClériaKojoroski

Art.16º Entre o montante de músicas inscritas, serão classificadas na triagem um total de 14 composições concorrentes.

Art.17º
A comissão de triagem indicará ainda 03 (três) composições suplentes, caso alguma das classificadas tenha algum impedimento de concorrer.

Art.18º As composições classificadas terão seus responsáveis informados através do mesmo e-mail informado na ficha de inscrição, e/ou através de contato telefônico.

Art.19º As composições classificadas serão divulgadas no dia 30 de Janeiro de 2018, através dos meios de comunicação e redes sociais.

Art.20º As composições classificadas serão avaliadas nas 02 (duas) noites do Festival, dias 02 e 03 de Março de 2018, por uma comissão julgadora composta de 05 (cinco) pessoas de grande expressão no meio cultural e da música, que são Tiago Ferraz, Marisa Rotemberg, Cristiano Melchior, Marcelo Schmidt e Cláudio Joner.

Art.21º A Comissão Julgadora classificará apenas 08 (oito) composições para a final do Festival.

CAPÍTULO IV
Da Apresentação
Art.22º
É de responsabilidade dos participantes de cada composição estar presentes no dia, local e horário indicado para a passagem de som, sob pena de desclassificação caso o não comparecimento.

Parágrafo primeiro: A passagem de som dar-se-á no dia 02 de Março de 2018, no palco do festival, sendo o horário de cada composição confirmada através de contato telefônico ou e-mail posteriormente.

Parágrafo segundo: Será penalizada em 30% do valor da premiação de classificação a composição que não respeitar o horário da passagem de som.

Art.23º A ordem de apresentação será informada individualmente a cada composição, e divulgada nos meios de comunicação e redes sociais na semana que antecede o festival.

Art.24º Todos os participantes deverão ser credenciados, bem como seus/suas acompanhantes, para que tenham acesso a todas as áreas do evento.

Art.25º Cada intérprete poderá defender no máximo 02 (duas) composições, e cada músico instrumentista, 03 (três).

Art.26º
Será permitido todo e qualquer instrumento que o arranjador julgar necessário para melhor qualificação, desempenho e enriquecimento da obra classificada, sendo de total responsabilidade do conjunto a colocação dos mesmos no palco.

Art.27º
O Festival irá disponibilizar uma bateria para os grupos que julgarem necessário.

CAPÍTULO V
Dos Cachês e Premiação
Art.28º
Cada composição concorrente receberá, ao concluir a passagem de som, o valor de R$ 1.800,00 (mil e oitocentos reais), como cachê por classificação no festival.

Art.29º O Festival premiará as três melhores composições, bem como prêmios individuais, conforme abaixo:

1º Lugar R$ 5.000,00 (cinco mil reais) + troféu
2º Lugar R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais) + troféu
3º Lugar R$ 2.000,00 (dois mil reais) + troféu
Música Mais Popular: R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) + troféu
Melhor intérprete: R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais) + troféu
Melhor Instrumentista:R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais) + troféu
Melhor Melodia:R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais) + troféu
Melhor Letra:R$ 1.200,00 (mil e duzentos reais) + troféu

CAPÍTULO VI
Da Imprensa
Art.30º
Poderão se credenciar e acompanhar o festival, publicando matérias, transmitindo ao vivo, filmando ou fotografando, representantes dos meios de comunicação, desde que não interfiram no trabalho e espaço dos profissionais devidamente contratados pela Coordenação do festival para fazer o mesmo.

Art.31º
Será limitado o número de credenciais por veículo, de acordo com a lista abaixo:

Rádios: 03 (três) profissionais por veículo.
Jornais, revistas e blogs, impressos ou online: 02 (dois) profissionais por veículo.
Emissoras de televisão: 03(três) profissionais por veículo.

Art.32º Os veículos que desejarem se fazer presente deverão enviar um e-mail previamente à Comissão Organizadora, através do endereço eletrônico contato@fortalezadacacao.com.br informando a participação e os nomes dos profissionais que serão credenciados.

Art.33º O festival não dará nenhum tipo de ajuda de custo para as despesas dos veículos de comunicação, como o transporte, alimentação, hospedagem, bem como qualquer valor que possa caracterizar uma contratação.

Art.34º O festival disponibilizará pontos de internet gratuitamente.

CAPÍTULO VII
Das Disposições Gerais
Art.35º
Casos omissos a este regulamento serão decididos e resolvidos pela Comissão Organizadora do Festival.

Art.36º
A Comissão Organizadora e o Corpo de Jurados são inteiramente responsáveis e soberanos em suas decisões, não cabendo recurso.

Art.37º
Dúvidas deverão ser encaminhadas através do e-mail contato@fortalezadacancao.com.br

*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.
3º CANTO DO CHARÃO
05 E 06 DE MAIO DE 2018
MUITOS CAPÕES-RS
INSCRIÇÕES ATÉ: 31/03/2018

REGULAMENTO 

I - DOS OBJETIVOS
Promover por meio da música, a divulgação do potencial histórico, agrícola, turístico, cultural, bem como, a preservação da ave símbolo do Município de Muitos Capões-RS: o Papagaio Charão.

Art. 1°- A Prefeitura Municipal de Muitos Capões-RS promove, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Juventude – em âmbito Nacional, o Festival Nativista Canto do Charão, com os seguintes objetivos básicos:

• Divulgar, por meio das composições participantes, a música Nativista e Popular do Rio Grande do Sul, estimulando a promoção cultural e histórica do nosso Estado;

• Estimular o interesse do povo pelos temas e valores da atividade cultural da região; 

• Abrir espaço para novos artistas (músicos, intérpretes e poetas); 

• Oportunizar integração de poetas, músicos e musicistas, analistas, estudiosos e críticos, no interesse da preservação e divulgação da identidade cultural gaúcha; 

• Propiciar reflexão e debates que depurem qualitativamente a arte em geral; 

• Elevar temas e gêneros / ritmos regionais e populares à expressão artística, buscando valorizar a música do Rio Grande do Sul, a partir de linguagem atual e criativa.

• Premiar e divulgar as composições que melhor expressarem os objetivos acima referidos;

II - DA ORGANIZAÇÃO
Art. 2° - O Festival Nativista "Canto do Charão" é organizado pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Juventude de Muitos Capões-RS.

III - DO CONCURSO DE CANÇÕES
Art. 3° - O Festival Nativista “Canto do Charão" é um concurso de canções inéditas e originais, não podendo concorrer composições que já tenham sido gravadas ou editadas.

§ 1° - Considera-se inédita, para o concurso, a composição poético-musical que não tenha sido objeto de comercialização pública.

§ 2.º - Entende-se por original a música não plagiada de outra já existente.

§ 3° - No caso em que a letra ou a melodia seja de autor falecido, é de responsabilidade do concorrente que a apresenta entregar a autorização de quem de direito.

Art.4.º - O concurso de canções nativistas 3º Canto do Charão pode ser disputado por compositores de qualquer parte do Brasil, desde que se atenham às regras nele estabelecidas.

§ único - É vedada a participação dos membros da Comissão Julgadora ou da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Juventude, em qualquer circunstância.

Art. 5.º - As canções não poderão exceder 5 minutos de duração, quer na triagem ou na apresentação.

Art. 6.º - Cada intérprete poderá defender no máximo duas canções, e cada instrumentista poderá subir até três vezes no palco.

Art.7º - Somente serão classificado duas composição por autor seja poeta ou musico.

IV – DAS INSCRIÇÕES
Art. 7.º -
As inscrições estarão abertas no período de 11 de janeiro a 31 de Março de 2018. (Valendo a data de postagem).

Art. 8.º - As inscrições são gratuitas.

Art. 9.º - Cada concorrente e/ou autor poderá inscrever somente uma música por ficha, de acordo com o art. 3.º.

Art. 10.º - As inscrições deverão ser enviadas em envelope fechado para Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Juventude, Rua Dorval Antunes Pereira, 950, CEP:95230-000, Centro, Muitos Capões-RS.

§ único -
O envelope referido neste artigo deverá conter obrigatoriamente:
- Ficha de inscrição preenchida;
- CD contendo a música gravada;
- 05 cópias datilografadas (digitadas) da letra e rubricadas pelos autores responsáveis; 

Documentação exigida:
Fotocópia da Carteira de Identidade;
Fotocópia Cartão CPF e número do PIS-PASEP.

Art.10-1. As composições bem como a documentação exigida podem serem enviadas por E-mail: leonardo@muitoscapoes.rs.gov.br ou raulbittencourtsilva@gmail.com 
As músicas em Formato MP3 e as copias de documentos escaneadas.

V - DA SELEÇÃO E JULGAMENTO
Art. 11.° - A Comissão de Seleção e Julgamento é composta por (03 três) membros, contando com pessoas de conhecidos dotes para criação poético-musical, análise ou crítica, e que se atém às normas constantes neste Regulamento.

§ 1.° - A comissão avaliará os itens constantes no art. 14.º, no processo de triagem, eliminatórias e na grande final.

§ 2.° - Os trabalhos de pré-seleção serão coordenados pela Comissão de Seleção e Julgamento. 

§ 1.° - A Comissão Organizadora divulgará a relação das canções classificadas no site e na imprensa escrita e falada. 

§ 2.° - O processo de triagem das obras enviadas será realizado no dia 31 de Março de 2018. As (12 obras) cujas composições forem classificadas pela Comissão de Seleção, irão a palco durante a realização da 11º Festa do Pinhão de Muitos Capões-RS, n
os dias 05 e 06 de maio de 2018.

Art. 12.° - As 14 canções classificadas serão incluídas no CD Festival Nativista Canto do Charão.

VI - DO JULGAMENTO
Art. 13.º - O julgamento das composições é de responsabilidade da Comissão de Seleção e Julgamento, que avaliará cada uma delas de acordo com sua letra, melodia e apresentação.

§ 1.º - No item "apresentação" são considerados interpretação e arranjo.

§ 2.º - As escolhas são, preferencialmente, consensuais, podendo os jurados, no entanto, optar pelo voto.

§ 3.º - As reuniões da Comissão de Seleção e Julgamento não se restringem às apresentações públicas das composições, estando previstas análises e debates prévios e posteriores.

§ único – Dos finalistas será escolhida uma composição vencedora, um segundo e um terceiro lugar.

Art. 14.º - É igualmente de competência da Comissão de Seleção e Julgamento a escolha de:
a) Música mais Popular;
b) Melhor Instrumentista;
c) Melhor Intérprete Vocal;
d) Melhor Letra.

VII - DA APRESENTAÇÃO
Art. 15.º - As apresentações ocorrerão no Centro de Eventos Arthulino Teles de Oliveira, em Muitos Capões-RS.

Art. 16.º - A ordem de apresentação das 14 canções pré-classificadas para o 3.º Canto do Charão será decidida e comunicada pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Juventude.

Da classificação para a final do Festival 3.º Canto do Charão
No dia 05 de maio de 2018, irão ao palco as 14 obras selecionadas pela comissão de triagem, sendo que destas, as 10 melhores obras avaliadas pela comissão avaliadora do Festival Canto do Charão voltam ao palco para final no dia 06 de Maio de 2018,onde serão escolhidas as premiadas em suas categorias.
Art. 17.º - A passagem de som dos concorrentes será no dia da apresentação em horário preestabelecido pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Juventude, cabendo a cada concorrente o tempo máximo de 20 minutos.

OBS.: SERÁ PENALIZADA, COM 20%DA AJUDA DE CUSTO, A MÚSICA QUE NÃO RESPEITAR O HORÁRIO DA PASSAGEM DE SOM.

Art. 18.º - Cada concorrente deverá obedecer ao limite de 10 minutos, sendo 5 minutos para a montagem e desmontagem de equipamentos e 5 minutos para a execução da música.

Art.19.º - Todos os concorrentes, intérpretes e músicos deverão subir ao palco trajando ,obrigatoriamente, a indumentária típica do gaúcho. Poderão ser usados no palco todos os tipos de instrumentos, e os ritmos deverão ser aqueles tradicionais. Não será permitido o uso de camisetas, pochetes e assemelhados. 
É terminantemente proibido o uso de brinco e assemelhados no palco.
Todas as composições que forem apresentadas no palco deverão ter no mínimo 3(três) participantes e no máximo 7 (sete).

VIII - DA PREMIAÇÃO

Art. 20.º - Os prêmios instituídos pelo Festival Nativista 3.º Canto do Charão são:
1) Troféu para canção vencedora + R$ 2000,00
2) Troféu para a canção classificada em segundo lugar + R$ 1000,00
3) Troféu para a canção classificada em terceiro lugar + R$ 500,00
4) Troféu para a música mais Popular +R$ 500,00
5) Troféu para o melhor Instrumentista + R$ 300,00
6) Troféu para o melhor Intérprete Vocal + R$ 300,00
7) Troféu para o melhor Letra + R$ 300,00

§ único – Os valores dos prêmios serão pagos após a apuração dos resultados.
• Para a ajuda de custo das 14 músicas pré-selecionadas fica estipulado o valor de 1.000,00 (Um mil reais) para cada uma delas.
• Documentação exigida:
• Fotocópia da Carteira de Identidade
• Cartão CPF e número do PIS- PASEP.
Email: segundocantodocharao@gmail.com

IX - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 21.º - Ficam automática e definitivamente cedidos ao Festival Nativista do Canto Charão os direitos de reprodução das canções concorrentes à edição ou reedição do CD correspondente ao evento que representa.

§ 1.º - Os compositores que se inscreverem para concorrer estão implícita e automaticamente autorizando a entidade promotora a gravar as composições finalistas.

§ 2.º - Só serão aceitas gravações em formato "MP3", em CD, e as mesmas devem estar em condições para serem aproveitadas no CD do Festival que será lançado junto com a realização do mesmo nos dias 05 e 06 de Maio de 2018.

§ 3.º -
Não será dada ajuda de custo para possível regravação.

Art. 22.º - É vedado o uso de propaganda política ou comercial sobre o palco Festival Nativista Canto do Charão.

Art. 23.º - Os compositores, ao se inscreverem para concorrer no Festival Nativista 3.º Canto do Charão, estão automaticamente aceitando, em sua totalidade, as determinações contidas neste Regulamento. 

Art. 24.º - As inscrições deverão ser enviadas pelo correio para Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Juventude, Rua Dorval Antunes Pereira, 950, CEP: 95230 – Centro, Muitos Capões-RS. Serão aceitas somente se acompanhadas do material contendo a música, conforme o art. 10.º deste regulamento.

Art. 25.º -
Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

Mais informações:
Leonardo do Amaral Zamboni
54-98130-6077/ 54-3612 2101
leonardo@muitoscapoes.rs.gov.br
Raul Bittencourt-54/9969-4982
raulbittencourtsilva@gmail.com

*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.

domingo, 17 de dezembro de 2017

E chegou ao fim na madrugada dessa segunda-feira (18), a 25ª Tertúlia Musical Nativista de Santa Maria. A grande vencedora do festival foi a obra “A FLOR DO CARDO”, com letra e música de Juliano Javoski, interpreteada pelo próprio. Já a 4ª Tertulinha teve como vencedores Luiza Barbosa Dias na categoria Mirim e Cássio Castilhos de Oliveira na categoria Juvenil.

O festival também foi marcado pelo seu retorno para o local onde teve seu início, a Estância do Minuano, após anos sendo realizada em outros espaços.


CLASSIFICAÇÃO FINAL:
VENCEDORES DA 25ª TERTÚLIA MUSICAL NATIVISTA


1º LUGAR

A FLOR DO CARDO
Letra e Música: Juliano Javoski
Intérprete: Juliano Javoski


2º LUGAR
NA ESCOLA GRANDE DA VIDA
Letra: Jorge Nicola Prado
Música: Marcos Alves e Jorge Antônio Martins de Almeida
Intérprete: Vinícius Ribeiro e Jorge Nicola Prado

3º LUGAR

LITURGIA PAMPEANA
Letra: Joel de Freitas Paulo
Música: Nirion Machado
Intérprete: Robledo Martins


MELHOR ARRANJO
INDELEVELMENTE 
Letra: Carlos Roberto Hahm
Música: Leonardo Charrua
Intérprete: Lincon Ramos


MELHOR INSTRUMENTISTA
JOAQUIM VELHO (GAITA)

MELHOR LETRA
NA ESCOLA GRANDE DA VIDA 
Letra: Jorge Nicola Prado
Música: Marcos Alves e Jorge Antonio Martins de Almeida
Intérprete: Vinícius Ribeiro e Jorge Nicola Prado

MELHOR INTÉRPRETE
LINCON RAMOS (INDELEVELMENTE)

MÚSICA MAIS POPULAR
CAMPEIRO
Letra: Arlindo Almeida Junior
Música: Henrique Bagesteiro Fan
Intérprete: Henrique Bagesteiro Fan

MELHOR TEMA CAMPEIRO
CAMPEIRO
Letra: Arlindo Almeida Junior
Música: Henrique Bagesteiro Fan
Intérprete: Luiz Fernando Baldez e Henrique Bagesteiro Fan

MELHOR TEMA SOBRE SANTA MARIA

NO CORAÇÃO DO MEU RIO GRANDE
Letra: Caine Teixeira Garcia
Música: Diogo Lopes Barcelos
Intérprete: Jean Kirchoff


VENCEDORES DA 4ª TERTULINHA

CATEGORIA MIRIM

1º LUGAR
LUIZA BARBOSA DIAS
Música: Grão Após Grão
Carlos Omar Villela Gomes / Piero Ereno


2º LUGAR
VITÓRIA DE SÁ HECK
Música: Clave de Lua
Nilo Bairros de Brum / Miguel Marques


CATEGORIA JUVENIL

1º LUGAR
CÁSSIO CASTILHOS DE OLIVEIRA
Música: Horizontes de Espinhos
Vinicius Pitágoras Gomes / Chico Saratt


2º LUGAR
MARIA ALICE ROSA DA SILVA
Música: Não me Falem da Verdade
Carlos Omar Villela Gomes / Juca Morais / Tuny Brum

*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.
Após três dias de grandes apresentações e atrações, chega ao fim neste domingo (17), a 25ª Tertúlia Musical Nativista e a 4ª Tertulinha. A grande final trará ao palco 14 composições escolhidas nas etapas classificatórias.

São 12 músicas classificadas no sábado (16), e as 2 composições que venceram a Tertúlia Local, ocorrida na quinta-feira (14) – “Quarto de ronda” (Jorge Rodrigues / Cícero Fontoura), que conquistou o primeiro lugar e “Quando a solidão aperta” (Sérgio Sodré / Tiago Raskopf), em segundo.

Acontecerá também, a final da 4ª Tertulinha, onde os quatro intérpretes finalistas, dois na categoria Mirim (de 08 a 11 anos) e dois na categoria Juvenil (de 12 a 15 anos), se apresentam novamente.

O show da noite fica a cargo de Miguel Marques.


CLASSIFICADAS PARA A FINAL DA 4ª TERTÚLINHA


CATEGORIA JUVENIL
CÁSSIO CASTILHOS DE OLIVEIRA
Música: Horizontes de Espinhos
Vinicius Pitágoras Gomes / Chico Saratt

MARIA ALICE ROSA DA SILVA

Música: Não me Falem da Verdade
Carlos Omar Villela Gomes / Juca Morais / Tuny Brum


CATEGORIA MIRIM
LUIZA BARBOSA DIAS
Música: Grão Após Grão
Carlos Omar Villela Gomes / Piero Ereno

VITÓRIA DE SÁ HECK

Música: Clave de Lua
Nilo Bairros de Brum / Miguel Marques


CLASSIFICADAS PARA A FINAL DA 25ª TERTÚLIA NATIVISTA


A FLOR DO CARDO
Letra e Música: Juliano Javoski
Intérprete: Juliano Javoski

COPLAS PARA TRÊS MARIAS

Letra: Mateus Neves da Fontoura
Música: Juliano Moreno
Intérprete: Ita Cunha, Mateus Neves da Fontoura e Juliano Moreno

SARGENTO CRUZ

Letra: Rodrigo Bauer
Música: Érlon Péricles
Intérprete: Angelo Franco

AS ALPARGATAS DO MEU PAI

Letra: Carlos Omar Villela Gomes
Música: Sabani Felipe de Souza E Kayke Mello
Intérprete: Kayke Mello

QUANDO A SOLIDÃO APERTA

Letra: Sergio Sodré
Música: Tiago Raskopf
Intérprete: Tiane Tâmbara, Arison Martins e Emerson Martins

QUARTO DE RONDA

Letra: Jorge Rodrigues
Música: Cícero Fontoura
Intérprete: Francisco Oliveira e Cícero Goulart

AS LIÇÕES DOS BANHADOS
Letra: Silvio Aymone Genro
Música: Pedro Flores
Intérprete: Pedro Flores

O CAMPO

Letra: Telmo Vasconcelos
Música: Eduardo Monteiro Silva
Intérprete: Fernando Saccol


INDELEVELMENTE
Letra: Carlos Roberto Hahm
Música: Leonardo Charrua
Intérprete: Lincon Ramos

LITURGIA PAMPEANA

Letra: Joel de Freitas Paulo
Música: Nirion Machado
Intérprete: Robledo Martins

NO CORAÇÃO DO MEU RIO GRANDE
Letra: Caine Teixeira Garcia
Música: Diogo Lopes Barcelos
Intérprete: Jean Kirchoff

DOM DESTINO

Letra: Dilan Camargo
Música: Pedro Guerra Pimentel
Intérprete: Pedro Guerra Pimentel e Cassiano Mendes

CAMPEIRO
Letra: Arlindo Almeida Junior
Música: Henrique Bagesteiro Fan
Intérprete: Henrique Bagesteiro Fan

NA ESCOLA GRANDE DA VIDA
Letra: Jorge Nicola Prado
Música: Marcos Alves e Jorge Antonio Martins de Almeida
Intérprete: Vinícius Ribeiro e Jorge Nicola Prado

FOTO: JOÃO VILNEI
*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Nesta sexta-feira (15), acontece a segunda noite da 25ª Tertúlia Musical Nativista de Santa Maria. A abertura oficial ocorre hoje as 2000h e o evento segue até domingo (17).

Logo após a abertura oficial, sobem ao palco as 05 concorrentes da 4ª Tertulinha, na categoria Juvenil. Em seguida, o público poderá acompanhar a apresentação das primeiras 07 obras da 25ª Tertúlia Musical Nativista.

Você pode Acompanhar a transmissão do festival através das rádios Nativa FMGuarathan e Imembuí.


CONFIRA ABAIXO A PROGRAMAÇÃO DESTA SEXTA-FEIRA:

4ª TERTULINHA
APRESENTAÇÃO DOS INTÉRPRETES CATEGORIA JUVENIL
01) CÁSSIO CASTILHOS DE OLIVEIRA
Música: Horizontes de Espinhos
Vinicius Pitágoras Gomes / Chico Saratt

02) KASSIA MACEDO COSTA

Música: Ana Sem Terra
Alci Cheuíche / Marlene Pastro / Roberto Castelarin

03) MARIA ALICE ROSA DA SILVA
Música: Não me Falem da Verdade
Carlos Omar Villela Gomes / Juca Morais / Tuny Brum

04) MARIANA GUEDES
Música: Pra Nunca Esqueceres de Lembrar de Mim
Diego Müller / Martin Cesar / Piero Ereno / Diogo Mattos

05) MURILO VARGAS
Música: Orelhano
Mario Eleú Silva


25ª TERTÚLIA MUSICAL NATIVISTA

APRESENTAÇÃO DAS MÚSICAS CONCORRENTES
01) A FLOR DO CARDO
Juliano Javoski

02) COPLAS PARA TRÊS MARIAS
Mateus Neves da Fontoura / Juliano Moreno
03) SARGENTO CRUZ
Rodrigo Bauer / Érlon Péricles

04) AS ALPARGATAS DO MEU PAI
Carlos Omar Villela Gomes / Sabani Felipe de Souza E Kayke Mello

05) MILONGA À LUZ DA LUA
Eron Carvalho / João Chagas Leite

06) AS RAZÕES DOS ESTRIVOS
Flaubiano Lima e Jaime Brum Carlos / Zulmar Benites

07) AS LIÇÕES DOS BANHADOS

Silvio Aymone Genro / Pedro Flores


SHOW: OS FAGUNDES

*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.
Iniciou na quinta-feira (14), a 25ª Tertúlia Musical Nativista e a 4º Tertulinha. Na primeira noite aconteceu a primeira edição da Tertúlia Local, onde 11 composições subiram ao palco da Associação Tradicionalista Estância do Minuano.
A música “Quarto de ronda”, de Jorge Rodrigues e Cícero Fontoura, conquistou o primeiro lugar e “Quando a solidão aperta” de Sérgio Sodré e Tiago Raskopf, levou o segundo lugar. As duas músicas reornam ao palco no próximo domingo (17), durante a fical da 25ª Tertúlia Musical Nativista.
O troféu de Melhor Instrumentista foi para Ronison Borba e a Música Mais Popular foi “De sonhos e lembranças”. Já o prêmio de Melhor Intérprete ficou com Nicole Carrion.


RESULTADO DA TERTÚLIA LOCAL:

1º LUGAR

QUARTO DE RONDA
Jorge Rodrigues / Cícero Fontoura
Intérprete: Francisco Oliveira e Cícero Goulart

2º LUGAR

QUANDO A SOLIDÃO APERTA
Sergio Sodré / Tiago Raskopf
Intérprete: Tiane Tâmbara, Arison Martins e Emerson Martins


MÚSICA MAIS POPULAR
DE SONHOS E LEMBRANÇAS
Alessandro Martins / Cristiano dos Santos Rodrigues

Intérprete: Alessandro Martins

MELHOR INTÉRPRETE
NICOLE CARRION

MELHOR INSTRUMENTISTA
RONISON BORBA (Gaita)

FOTOS PREMIAÇÃO: JOÃO VILNEI
*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Encerrou neste domingo (10), a 2ª Monta da Canção Nativa, da cidade de Santa Vitória do Palmar.

A grande responsabilidade de escolher as vencedoras ficou por conta da comissão avaliadora formada por Ari Souza, Frederico Viana, Iberê Azevedo, Marina Dornelles e Raul Amaral. O festival aconteceu nos dias 09 e 10, na sede do Grêmio Esportivo Brasil.


VENCEDORES DA 2ª MONTA DA CANÇÃO:

1º LUGAR
MASCARADO GAVIÃO
Letra: André Oliveira
Música: Juliano Pivetta

2º LUGAR

O AFAMADO
Letra: Maicon Mesquita
Música: Fábio Selayaran

3º LUGAR
SENTA E TOMA MAIS UMA MATE
Letra e Música: Miguel Oliveira

MELHOR TEMA GINETEADA

O AFAMADO
Letra: Maicon Mesquita
Música: Fábio Selayaran

MELHOR INTÉRPRETE
KEIVYNER MARTINS
(MASCARADO GAVIÃO)

MELHOR INSTRUMENTISTA

JULIANO PIVETTA
(MASCARADO GAVIÃO)

MELHOR ARRANJO
ESTRELA DO MAR
Letra e Música: Bruno Acosta

MELHOR LETRA

A GOTA D’ÁGUA
Letra: Nino Ferraz
Música: Rui Carlos Ávila

*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.

domingo, 10 de dezembro de 2017

A música “Um homem, um cavalo e um cachorro”, com letra e música de Silvio Genro, defendida por Luiz Fernando Baldez e Ricardo Tubino, foi aclamada a grande vencedora da 40ª Califórnia da Canção Nativa, no início dessa segunda-feira (11), em Uruguaiana. A música levou ainda o prêmio de vencedora da Linha de Manifestação Riograndense.

"Aprendendo a morrer" foi a vencedora da Linha Livre. A música também ganhou o troféu de melhor letra. "Sobra de baile" ficou com o melhor lugar na Linha Campeira.

O grande público que esteve no Teatro Rosalina Pandolfo Lisboa pode se emocionar ao conferir a “Califa”.

VENCEDORES DA 40ª CALIFÓRNIA DA CANÇÃO NATIVA:

GRANDE VENCEDOR – TROFÉU CALHANDRA DE OURO
UM HOMEM, UM CAVALO E UM CACHORRO
Letra: Silvio Genro
Música: Silvio Genro
Intérprete: Luiz Fernando Baldez e Ricardo Tubino

VENCEDORA LINHA CAMPEIRA
SOBRA DE BAILE
Letra: Anomar Danubio Vieira
Música: Juliano Gomes
Intérprete: Joca Martins

VENCEDORA LINHA DE MANIFESTAÇÃO RIOGRANDENSE

UM HOMEM, UM CAVALO E UM CACHORRO
Letra: Silvio Genro
Música: Silvio Genro
Intérprete: Luiz Fernando Baldez e Ricardo Tubino

VENCEDORA LINHA LIVRE
APRENDENDO A MORRER
Letra: Mauro Ferreira
Música: Luiz Carlos Borges
Intérprete: Luiz Carlos Borges

MELHOR INTÉRPRETE
SHANA MÜLLER
AMOR EM TROVA DE LUA
Letra: Gujo Teixeiras
Música: Sérgio Rojas

MELHOR INSTRUMENTISTA
GUILHERME GOULART (GAITA)

RUMO ÍNTIMO
Letra: Tadeu Martins
Música: Tuny Brum
Intérprete: Vinícius Brum

MELHOR ARRANJO
TATUAGENS
Letra: Gilberto Carvalho
Música: Lenin Nuñez
Intérprete: Chico Saratt e Mário Barbará

MELHOR LETRA
APRENDENDO A MORRER
Letra: Mauro Ferreira
Música: Luiz Carlos Borges
Intérprete: Luiz Carlos Borges

MELHOR MELODIA
AMOR EM TROVA DE LUA
Letra: Gujo Teixeiras
Música: Sérgio Rojas
Intérprete: Shana Müller


FOTO: JORNAL CIDADE/URUGUAIANA 
*O CONTEÚDO DESTE SITE É PROTEGIDO, SUA REPRODUÇÃO PARCIAL OU TOTAL SÃO PERMITIDAS MEDIANTE CITAÇÃO DA FONTE.
A composição “NEM QUE SEJA POR UM DIA” foi a grande vencedora da 20ª Seara da Canção Gaúcha de Carazinho, a música tem letra de Carlos Omar Villela Gomes, música de Nilton Junior da Silveira e Cristiano Quevedo, defendida por Márcia Freitas, que também levou o prêmio de melhor intérprete do festival.


A 20ª Seara da Canção teve início na quinta-feira (07) e encerrou neste domingo (10). Nos quatro dias de festival os músicos apresentaram as suas canções para o público presente e para o corpo de jurados formado por: Pirisca Grecco, Ângelo Franco, Érlon Péricles, Luciano Maia e Gilberto Lamaison.

A Música Mais Popular ficou com a obra “DOIS CAMPEIROS, UMA ALMA”, de Anderson Marek, Andre Marek e Roberto Marek.

RESULTADO FINAL:

1º LUGAR

NEM QUE SEJA POR UM DIA
Composição: Carlos Omar Villela Gomes, Nilton Junior da Silveira e Cristiano Quevedo
Intérprete: Márcia Freitas

2º LUGAR
DOCE DE BOCA
Composição: Leonardo Borges e Ricardo Martins
Intérprete: Ricardo Martins, Felipe Dias e Marciano Reis

3º LUGAR
CORAÇÃO DE ALECRIM
Composição: Gujo Teixeira e Cristian Camargo
Intérprete: Juliana Spanevello

MELHOR ARRANJO INSTRUMENTAL
DOCE DE BOCA
Composição: Leonardo Borges e Ricardo Martins
Intérprete: Ricardo Martins, Felipe Dias e Marciano Reis

MELHOR ARRANJO VOCAL

CORAÇÃO DE ALECRIM
Composição: Gujo Teixeira e Cristian Camargo
Intérprete: Juliana Spanevello

MELHOR INSTRUMENTISTA
RICARDO MARTINS
DOCE DE BOCA
Composição: Leonardo Borges e Ricardo Martins

MELHOR INTÉRPRETE
MÁRCIA FREITAS
NEM QUE SEJA POR UM DIA
Composição: Carlos Omar Villela Gomes, Nilton Junior da Silveira e  Cristiano Quevedo

MELHOR MELODIA
O CÉU LA DE FORA
Composição: Marcelo Dávila e Davi Covaleski
Intérprete: Adriana Sperandir

MELHOR LETRA
O FEITIO DA MINHA CARNEADA
Composição: Leonardo Quadros
Intérprete: Cassiano Santos

MÚSICA MAIS POPULAR

DOIS CAMPEIROS, UMA ALMA
Composição: Anderson Marek, Andre Marek e Roberto Marek
Intérprete: Rodrigo Xavier e Antônio Augusto Xavier














FOTOS: MAURÍCIO ORSOLIN/SEARA DA CANÇÃO